Skip to main content

CLIPPING

lundi, septembre 18, 2023

NOVA FCSH GANHA PROJETO EUROPEU DE 2,7 MILHÕES DE EUROS

Fonte: NOVA FCSH

Raquel Amaro, docente do Departamento de Linguística e investigadora do Centro de Linguística da Universidade NOVA de Lisboa (CLUNL), vai coordenar o projeto iRead4Skills, um dos três distinguidos pelo programa Horizonte Europa no tópico Um futuro sustentável para a Europa. Com um financiamento de 2,7 milhões de euros, trata-se do primeiro projeto colaborativo do Programa-Quadro onde a NOVA FCSH assume o papel de entidade coordenadora, cabendo-lhe cerca de 415 mil euros.

O projeto, cuja designação completa é “iRead4Skills – Intelligent Reading Improvement System for Fundamental and Transversal Skills Development”, pretende avaliar e reduzir lacunas nas competências de leitura de adultos com baixa literacia, estabelecendo e monitorizando a relação entre a melhoria destas competências e outras aptidões básicas e transferíveis.

“O projeto surge do entendimento de que as competências de leitura são fundamentais para adquirir conhecimentos técnicos e científicos, quer em contextos formais de educação e formação, quer em contextos práticos e empíricos de trabalho”, descreve Raquel Amaro. Num contexto de investigação inovadora sobre transformações sociais e económicas, a “equipa internacional vai desenvolver um sistema de leitura inteligente que avalia a complexidade dos textos e sugere leituras adequadas de acordo com o nível de literacia do utilizador, promovendo o desenvolvimento das competências de leitura”, completa a investigadora.

Liderado pela NOVA FCSH, o consórcio é ainda composto por outras oito entidades: INESC-ID – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Investigação e Desenvolvimento em Lisboa, Ministério da Educação e Ciência, Université Catholique de Louvain, Universitat Autònoma de Barcelona, Universidad de Santiago de Compostela, Mindshaker – Serviços Informáticos, Lda e LISER – Luxembourg Institute Of Socioeconomic Research.

Disclaimer: Le point de vue et les opinions exprimés proviennent des auteurs uniquement et ne reflètent pas nécessairement ceux de l’Union européenne ou de l’Agence exécutive européenne de la recherche. Ni l’Union européenne ni l’autorité d’octroi ne peuvent en être tenues responsables.

Contactez-nous
Réseaux sociaux