Skip to main content

SOBRE NÓS

Contexto e objetivos do projeto

iRead4Skills – Intelligent Reading Improvement System for Fundamental and Transversal Skills Development é um projeto de investigação e inovação financiado pela Comissão Europeia, número: 1010094837, Tópico: HORIZON-CL2-2022-TRANSFORMATIONS-01-07 – Conditions for the successful development of skills matched to needs.

Porque é que as competências de leitura são importantes

A leitura é fundamental para a aquisição de conhecimentos técnicos e científicos. Isto é particularmente relevante em contextos de educação e formação formais, como a educação de adultos (EA) e o ensino e formação profissionais (EFP), e em contextos de trabalho práticos e empíricos, como quando as empresas fornecem informações ou instruções escritas aos seus trabalhadores. As pessoas com baixas competências de literacia são menos capazes de adquirir e manter as competências transversais e duradouras necessárias para acompanhar a evolução do mercado de trabalho e para ter uma vida plena e significativa. No entanto, promover e motivar os hábitos de leitura nos adultos é um grande desafio devido à falta de materiais de leitura específicos e/ou adequados.

O que pretendemos alcançar

Tendo em vista a adoção e difusão da inovação na educação de adultos, o projeto iRead4Skills visa promover o desenvolvimento de competências de leitura através de um sistema inteligente inovador que avalia a complexidade dos textos e sugere materiais de leitura adequados ao nível de leitura do utilizador, que pode também ser usado por formadores para criar ou adaptar textos com o nível de complexidade adequado aos seus estudantes. Isto significa contribuir não só para a melhoria e a atualização das competências das pessoas, para o desenvolvimento da sua flexibilidade e adaptabilidade, incluindo a manutenção de novas competências relacionadas com as tecnologias, mas também para novas estratégias educativas relacionadas com a educação formal que respondam às necessidades individuais e sociais e promovam a motivação e a participação do público adulto. Para além disso, o iRead4Skills contribuirá para sistemas educativos inovadores e inclusivos, utilizando tecnologias digitais para proporcionar formação de qualidade.

Como estamos a inovar

Ao reunir uma equipa interdisciplinar que abrange diferentes áreas de especialização, tais como as TIC, a linguística, a economia e a educação, e ao juntar organismos governamentais, empresas de tecnologia e instituições de investigação, o projeto iRead4Skills produzirá investigação inovadora indo além do atual estado da arte numa série de áreas-chave:

Avaliar a resposta às necessidades específicas das comunidades de aprendizagem de adultos e conceber formas de avaliar os resultados, a fim de lançar propostas destinadas aos empregadores e aos decisores políticos.

As dificuldades de aprendizagem de estudantes adultos podem ir desde as competências básicas de leitura até a fatores motivacionais. O desenvolvimento do sistema iRead4Skills vai além dos estudos e ferramentas existentes devido à sua natureza colaborativa. Com base nos contributos dos utilizadores finais e indo ao encontro das suas necessidades reais, o projeto proporcionará uma nova forma de avaliar a resposta dos indivíduos, das instituições de desenvolvimento de competências e dos empregadores às questões das competências de leitura, bem como de recolher dados para manter os decisores políticos informados sobre as condições para um desenvolvimento de competências bem-sucedido.

Desenvolvimento de novas medidas de complexidade e conjuntos de dados de base.

A solução iRead4Skills vai além dos sistemas existentes, desenvolvendo e testando um sistema de processamento linguístico baseado no feedback direto de formadores e aprendentes adultos. Isto significa que os utilizadores finais reais fornecerão a classificação básica dos textos de acordo com a sua sensibilidade à complexidade e que novos níveis de complexidade e características serão investigados a partir destes novos e valiosos conjuntos de dados. Significa também que serão propostas novas medidas de complexidade baseadas não em níveis de proficiência numa segunda língua, mas em apreciações de complexidade de falantes nativos, que podem ser drasticamente diferentes.

Testar e desenvolver sistemas de processamento de língua natural diretamente com os utilizadores finais.

O iRead4Skills inova o atual paradigma de desenvolvimento de sistemas de aprendizagem automática, concebidos e testados apenas em conjuntos de dados. Os sistemas atuais produzidos no meio académico não são muitas vezes desenvolvidos e testados em cenários reais onde os utilizadores finais avaliam a sua usabilidade e utilidade. No projeto iRead4Skills, por outro lado, iremos mais longe e testaremos o sistema diretamente com utilizadores finais específicos (ou seja, adultos com baixas competências de literacia). Isto permitir-nos-á não só conceber uma ferramenta inteligente, em sintonia com o utilizador, mas também acumular provas sólidas para avaliar o seu impacto.

Incentivar a utilização das artes e da cultura para desenvolver competências fundamentais e transversais.

Ao incluir materiais de leitura de um vasto leque de domínios (literatura, história/estudos sociais, ciências, etc.), o iRead4Skills fornece uma base de conhecimentos que ajudará os aprendentes adultos a tornarem-se melhores leitores em todos os domínios do conhecimento. Para além da formação profissional e científica, o projeto contribuirá para aumentar o interesse da população adulta pelos conhecimentos humanísticos, científicos e tecnológicos, para aproximar os leitores adultos da literatura, da cultura e da informação em geral e para melhorar as práticas comunicativas e educativas para todos.

O que vamos produzir

Para além da publicação de resultados objetivos sobre a relação entre a melhoria das competências de leitura e outras competências fundamentais e transversais, projetamos também a produção de novo conhecimento fundamental sobre a análise da complexidade, nas diferentes áreas chave abrangidas pelo projeto (linguística, processamento de língua natural, educação, socioeconomia), utilizáveis em muitos outros contextos. O resultado maior e mais tangível é, no entanto, o desenvolvimento do sistema iRead4Skills – um novo sistema TIC, sistema web de acesso aberto, que é capaz de fornecer: – sugestões de leitura de acordo com o seu nível de complexidade, – análises da complexidade dos textos, – assistência na simplificação de textos. A realização bem-sucedida do projeto iRead4Skills contribui em escala significativa para permitir que os atores políticos melhor entendam, avaliem e reduzam as lacunas de competências, resultando em recomendações de políticas direcionadas para a flexibilidade centrada no aluno no que respeita a conteúdos e materiais de formação de EA e EFP, e para um uso generalizado deste tipo de sistemas em cooperação com os atores da cultura e da ciência. Usar e disseminar informações sobre a complexidade (e falta dela) da literatura existente e nova e de outros materiais de leitura em bibliotecas, capas de livros, jornais, etc., abriria imediatamente todo um novo mundo de informações para uma parte ainda excluída da população.


Equipa

Universidade NOVA de Lisboa (coordenação), Portugal

Raquel Amaro
Susana Correia
Ana Leite
Chiara Barbero
Maria Leonor Reis
Michell Moutinho
Ricardo Monteiro
Sílvia Barbosa

Ministério da Educação, Portugal

Regina Duarte
Isabel Marques
Alexandra Lopes

Universidade Católica de Louvain, Bélgica

Thomas François
Alice Pintard
Cédrick Fairon
Rodrigo Wilkens

Universitade Autónoma de Barcelona, Espanha

Xavier Blanco
Roser Gauchola Gamarra
Angels Catena Rodulfo
Dulce Tienda Martagón
Joaquín Gairín Sallán
Julio Murillo Puyal
Lorraine Baqué Millet
Rafael García Pérez
Yauheniya Yakubovich

INESC-ID – Investigação e Desenvolvimento em Engenharia Informática e de Sistemas, Lisboa, Portugal

Jorge Baptista
Nuno Mamede
Eugénio Ribeiro

Universidade de Santiago de Compostela, Espanha

Marcos Garcia González
Pablo Gamallo
Alejandro Catalá Bolos
José María Alonso Moral
Sandra Rodríguez Rey
André Bernárdez Braña

Instituto de Investigação Socioeconómica do Luxemburgo, Luxemburgo

Franz Clément
Laetitia Hauret

Mindshaker Serviços Informáticos, Lda, Portugal

João Almeida
Luís Correia
David Soares
José Novais
Miguel Neves
Sofia Domingues
Vasco Martins


Conselho Consultivo

O Conselho Consultivo é composto por peritos de diferentes áreas que ajudarão e facilitarão a tomada de decisões no âmbito do projeto.

Luís Rothes

Coordenador do Programa Internacional para a Avaliação de Competências de Adultos (PIAAC), OCDE, em Portugal

João Queirós

Subcoordenador do PIAAC, OCDE, em Portugal

Cäcilia Märki

Chefe do Departamento de Competências Básicas da SVEB FSEA, na Suíça

Anne Mességué

Coordenadora nacional da ANLCI, em França


Comissão de Ética

A Comissão de Ética é composta por especialistas de diferentes áreas que ajudarão e facilitarão a tomada de decisões do projeto relativamente a questões éticas.

A ser anunciado em breve


Projetos congéneres

MEGASKILLS – MEthodology of Psycho-pedagogical, Big Data and Commercial Video GAmes procedures for the European SKILLS Agenda Implementation.

O MEGASKILLS é um projeto cujo principal objetivo é ajudar a colmatar as lacunas entre a educação e o mercado de trabalho através da investigação e conceção de uma metodologia inovadora e acessível. Pretende-se formar e avaliar competências transversais (soft skills) através de três tarefas principais de investigação, para descobrir como: 1) chegar a um consenso para a taxonomia e padronização das soft skills com base nas necessidades da indústria e da educação; 2) desenvolver técnicas de formação e avaliação através da utilização de quantidades significativas de dados das interações dos jogadores com os seus jogos favoritos (considerando a elevada penetração dos jogos entre os cidadãos em idade ativa na Europa) e a utilização de algoritmos de IA e aprendizagem automática; e 3) implementar metodologias e configurações educacionais que construam uma estratégia acessível para o novo paradigma educação-trabalho a um nível europeu. (extraído de https://cordis.europa.eu/project/id/101094275)
https://www.megaskills.eu/

SKILLS2CAPABILITIES

O projeto Skills2Capability procura compreender como os sistemas de competências em toda a Europa podem reduzir o nível de inadequação de competências nos seus mercados de trabalho. É reconhecido que os futuros mercados de trabalho serão mais móveis, com mais pessoas a deslocarem-se mais frequentemente entre diferentes empregos, empregadores e setores. Esta situação coloca um problema para os sistemas de formação, na medida em que os empregadores poderão estar muito menos dispostos do que no passado a financiar e a proporcionar formação, porque a sua capacidade de a tornar rentável terá sido reduzida. O estudo pretende compreender a melhor forma de os sistemas de competências responderem à procura de competências numa conjuntura de mercado de trabalho mais fluida. (extraído de https://cordis.europa.eu/project/id/101094758)
https://www.skills2capabilities.eu/

Aviso legal: Os pontos de vista e opiniões aqui expressos são da exclusiva responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente os da União Europeia ou da Agência de Execução Europeia da Investigação. Nem a União Europeia nem a autoridade que concedeu o financiamento podem ser responsabilizadas pelos mesmos.

Redes sociais